Ética em Contabilidade: um estudo sobre a percepção dos discentes acerca da ética profissional

Maria Eduarda Barbosa de Lima, Rodrigo Vicente dos Prazeres, João Gabriel Nascimento de Araújo, Juliana Gonçalves de Araujo

Resumo


Esta pesquisa tem como objetivo geral analisar a percepção dos alunos do Curso de Ciências Contábeis no que diz respeito à aplicação de conceitos éticos na profissão contábil, e, ao processo de ensino da ética aplicada a Contabilidade. A metodologia de pesquisa constituiu na aplicação de um questionário com escala likert de 5 pontos onde solicitou-se a cada respondente justificar sua resposta. O questionário aplicado foi dividido em três blocos, sendo eles: o perfil dos discentes; a percepção dos respondentes sobre a ética profissional; e, a percepção dos discentes sobre o processo de ensino da ética profissional em contabilidade. A população da pesquisa correspondeu aos alunos do 5º ao 8º semestre do curso de Ciências Contábeis da Faculdade de Ciências Aplicadas de Limoeiro- FACAL. Na análise dos dados utilizaram-se duas técnicas, a estatística descritiva, que foi utilizada para análise das questões que buscava verificar a concordância dos participantes em cada um dos quesitos apresentados, e, a análise de conteúdo, que foi utilizada para examinar as justificativas dadas pelos respondentes de acordo com seu grau de concordância dos quesitos. Como resultado, encontrou-se que a ética é considerada fator de grande importância no ambiente profissional, mas que é um procedimento de difícil aplicação. Já o processo de ensino é considerado pelos respondentes como um meio para o alcance de uma maior percepção crítica dos discentes.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.26694/2358.1735.2014.v1ed21971

Apontamentos

  • Não há apontamentos.

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários