PERFIL EPIDEMIOLÓGICO E CLINICO DE VÍTIMAS DE TRAUMA EM UM HOSPITAL DO DISTRITO FEDERAL

Wlyana Reis Praça, Matheus Costa Brandão Matos, Márcia Cristina da Silva Magro, Paula Regina de Souza Hermann

Resumo


Objetivo: identificar o perfil epidemiológico das vítimas de trauma atendidas na sala vermelha do Pronto-Socorro gerenciada pelo SAMU-DF no Hospital de Base do Distrito Federal. Método: trata-se de um estudo descritivo. Os dados foram obtidos dos prontuários eletrônicos e ficha de atendimento pré-hospitalar após aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa. Resultados: houve predomínio do sexo masculino (77,9%), na faixa etária de 20 a 49 anos (66,3%), com maior número de ocorrências nos meses de Fevereiro (20,4%), Abril (20,4%) e Maio (21,2%), quinta-feira (18,6%), vespertino (35,4%), em via pública urbana (46,1%). Predominou o politrauma fechado (52,2%) envolvendo acidentes automobilísticos (66,4%). Conclusão: as vítimas são adultos jovens do sexo masculino, politraumatizado por acidente automobilístico atendidas por unidades de suporte básico e avançado de vida e a maioria sobreviveram.



Palavras-chave


Lesões; Índices de gravidade do trauma; Serviços médicos de emergência

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.26694/repis.v3i0.6219

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Indexada nas bases:

Cuiden

Diadorim

IBICT

Index Copernicus International

Latindex

Sumarios.org

Research Bible

CrossRef

Universal Impact Factor