ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM NO PARTO HUMANIZADO

Fernanda Carline Nascimento, Mônica Pereira Silva, Magda Rogéria Pereira Viana

Resumo


Parto humanizado é um conjunto de procedimentos e condutas visando à promoção do parto e do nascimento saudável e à prevenção da morbimortalidade perinatal. Objetivo: analisar na literatura cientifica a importância da assistência de enfermagem no parto humanizado e destacar a importância deste profissional no momento do parto. Método: trata-se de uma revisão integrativa de literatura. Foi realizada uma busca nas bases de dados LILACS e SciELO utilizando os descritores e suas combinações: humanização; parto humanizado; assistência de enfermagem. Resultados: apesar da importante contribuição do enfermeiro obstetra no momento do parto nota-se que suas ações não podem em sua totalidade caracterizar um cuidado humanizado. Conclusão: a humanização do parto é uma necessidade da parturiente que tem o direito de ser protagonista do seu parto, de receber auxilio de forma humanizada. Porem aponta-se ainda muitas dificuldades como a necessidade de capacitação profissional e a falta de estrutura física.

Palavras-chave


humanização

Texto completo:

PDF

Referências


REFERENCIAS

- FERREIRA A G N. Humanização do parto e nascimento: acolher a parturiente na perspectiva dialógica de Paulo Freire. Rev. Enfer. UFPE. Recife,2015; 5( 7):1398 – 1405.

- NAGAHAMA EEI, SANTIAGO SM. Parto humanizado e tipo de parto: avaliação da assistência oferecida pelo Sistema Único de Saúde em uma cidade do Sul do Brasil. Rev. Bras. Saúde Mater. Infan. Recife. 2011; 4 (11):415-425.

- OLIVEIRA ASS, RODRIGUES DP, GUEDES MVC. Percepção de puérperas acerca do cuidado de enfermagem durante o trabalho de parto e parto. Rev. Enfer. UERJ. Rio de Janeiro. 2011; 2(19): 249 – 254.

- ROCHA RSR. Promoção do cuidado humanizado à família pela equipe de enfermagem na unidade neonatal.Rev. Ren. Fortaleza. 2011;3(12):502-509.

- MOREIRA KAP. O significado do cuidado ao parto na voz de quem cuida: uma perspectiva á luz da humanização. Rev. Cogit. Enfer.2009; 4(14):720 – 728.

- BUSANELLO J. Atenção humanizada ao parto de adolescentes: análise das práticas desenvolvidas em um centro obstétrico. Rev. Bras. Enfer. Brasília. 2011; 5( 64):824 – 832.

-SOUZA MT, SILVA MD, CARVALHO R. Revisão integrativa: o que é e como fazer. Einstein.2008; 1(8):102-106.

- MINAYO MCS.O desafio do conhecimento: pesquisa qualitativa em saúde.11 ed. São Paulo: Hucitec, 2014.

- PEREIRA AL F, BENTO A D. Autonomia no parto normal na perspectiva das mulheres atendidas na casa de parto. Rev. Ren. Fortaleza. 2011; 3(12):471 – 477.

- ZVEITER M, SOUZA IEO. Solicitude constituindo o cuidado de enfermeiras obstétricas à mulher que dá à luz na casa de parto. Esc. Anna Nery Rev. Enfer. 2015; 1(19): 86-92.

- SILVA ALS, NASCIMENTO E R, COELHO EAC. Práticas de enfermeiras para promoção da dignificação, participação e autonomia de mulheres no parto normal. Esc. Anna Nery Rev. Enfer. 2015; 3(19): 424 – 431.

- GUIDA N FB, LIMA GPV, PEREIRA ALF. O ambiente de relaxamento para humanização do cuidado ao parto hospitalar. Rev. Min. Enfer. 2013; 3(17):524 – 530.

- MILFONT P MS. Estudo exploratório sobre a implementação de diretrizes para um parto seguro e satisfação das mulheres. Online Brazilian Journal of Nursing. 2011; 10( 3): 113 – 119.

- MOTTA SAMF. Implementação da humanização da assistência ao parto natural. Rev. Enfer. UFPE online. Recife. 2016; 2(10):593 – 599.

- CASSIANO A N. Percepção de enfermeiros sobre a humanização na assistência de enfermagem no puerpério imediato. Rev. Pesq. Cuid. Fund. Online. 2015; 1( 7): 2051-2060.




DOI: https://doi.org/10.26694/repis.v4i0.6821

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Bases/Indexadores:

Internacionais: CuidenIndex Copernicus InternationalResearch BibleLatindexCrossRefScholar Google; REDIB; PKP Index; DOAJ.

Nacionais: DiadorimIBICTSumarios.orgLIVRE; periodicos CAPES.

REPIS is available in: Publons

ISSN: 2446-7901