Efeito de índices técnicos e gerenciais na rentabilidade da atividade leiteira com diferentes níveis tecnológicos

Marcos Aurélio Lopes, Flavio de Moraes, Francisval Melo Carvalho, Afonso Aurélio de Carvalho Peres, Fábio Raphael Pascotti Bruhn, Eduardo Mitke Brandão Reis

Resumo


Objetivou-se analisar o efeito de alguns índices técnicos e gerenciais na rentabilidade de 20 unidades demonstrativas (UD) com diferentes níveis tecnológicos, participantes do programa “Balde Cheio”, no estado do Rio de Janeiro, no período de janeiro a dezembro de 2011.  Realizou-se a análise de rentabilidade considerando a margem bruta, a margem líquida, o resultado (lucro ou prejuízo) as rentabilidades e as lucratividades como indicadores de eficiência econômica. Os dados foram analisados utilizando-se o software PASW 18.0. Utilizou-se o modelo de regressão linear múltipla, com o método stepwise, para identificar os índices técnicos e gerenciais que mais influenciaram na lucratividade e na rentabilidade. Os índices técnicos e gerenciais foram diferentes nos níveis tecnológicos estudados e influenciaram nas lucratividades e nas rentabilidades. As melhores lucratividade e rentabilidade, do estrato médio nível tecnológico, foram reflexos da quantidade de animais por área para produção; maiores porcentagens de vacas em lactação, vacas no rebanho e vacas em lactação no rebanho; pela maior produtividade/animal/dia e produtividade/ha/ano; pela maior quantidade de vacas em lactação por hectare; maior produção de leite por mão de obra; e menor relação da depreciação pelo custo operacional total, índices que possibilitam manter a maioria das vacas em produção em menores áreas e com maiores volumes de leite, consequentemente, maior receita e menor despesa.

DOI: 10.15528/2176-4158/rcpa.v17n2p92-102


Texto completo: PDF

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .