Nursing process based on Peplau interpersonal relationship theory applied to schizophrenia / Processo de enfermagem baseado na teoria do relacionamento interpessoal de Peplau aplicado à esquizofrenia / Procedimiento de enfermerado basado en la teoría de la relación interpersal de Peplau...

Márcia Astrês Fernandes, Juliana Silva de Almeida, Évila Karina Cunha de Oliveira, Kayo Henrique Jardel Feitosa Sousa

Resumo


Objetivo: descrever o cuidado de enfermagem prestado ao cliente com esquizofrenia paranoide, tendo como referencial a Teoria do Relacionamento Interpessoal de Hildegard Peplau. Metodologia: estudo qualitativo descritivo, realizado com 05 pacientes internados em um hospital psiquiátrico do Nordeste do Brasil, entre maio e junho de 2015, a partir de entrevista e observação participante, submetidas a análises com o auxílio do referencial da Teoria de Peplau. O estudo foi aprovado por Comitê de Ética em Pesquisa com parecer de número 1.045.377. Resultados: a aplicação da Teoria constituiu-se num instrumento essencial, visto que proporcionou um cuidado de enfermagem individualizado que possibilitou a promoção de um atendimento efetivo das reais necessidades afetadas dos pacientes em estudo. Conclusão: Percebeu-se a eficácia da aplicabilidade da Teoria do Relacionamento Interpessoal de Peplau nas intervenções prestadas aos pacientes psiquiátricos diagnosticados com esquizofrenia paranoide, para a criação de um vínculo efetivo e necessário para a assistência integral e qualificada. Ademais, o relacionamento interpessoal constitui-se em um importante instrumento utilizado na execução do cuidado em enfermagem em saúde mental.

Descritores: Cuidados de Enfermagem. Esquizofrenia. Relações Interpessoais. Enfermagem.


Texto completo:

PDF

Referências


Dutra VFD, Oliveira RMP. Revisão integrativa: as práticas territoriais de cuidado em saúde mental. Aquichan. 2015; 15(4): 529-40. Disponível em: Doi http://dx.doi.org/10.5294/aqui.2015.15.4.8

Silva AB, Pinho LB. Território e saúde mental: contribuições conceituais da geografia para o campo psicossocial. Rev Enferm UERJ. 2015; 23(3):420-4. Disponível em: http://dx.doi.org/10.12957/reuerj.2015.10091

Neves TS, Cunha AP, Moura AP, Evaristo LS, Mileo BCA, Couto EMS. Dificuldades dos familiares no cuidar de pacientes com transtorno mental: um relato de experiência. Rev Enferm UFPI. 2017; 6(3):79-82. Disponível em: DOI: https://doi.org/10.26694/reufpi.v6i3.5814

Lima DU, Garcia APRF, Toledo VP. Compreendendo a equipe de enfermagem na assistência ao paciente esquizofrênico. Rev Rene. 2013; 14(3):503-11. Disponível em: http://www.redalyc.org/pdf/3240/324027991006.pdf

Stefanelli MC, Fukuda IMK, Arantes EC. Enfermagem Psiquiátrica: em suas dimensões assistenciais. 1.ed. São Paulo: Manole, 2008.

Ramos DKR, Guimarães J, Enders BC. Análise contextual de reinternações frequentes de portador de transtorno mental. Interface- Comun Saude Educ. 2011; 15(37):519-27. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/icse/v15n37/aop1411.pdf

Sales CA, Schülhi PAP, Santos EM, Tironi NM, D’artibale EF, Salci MA. Sentimentos de familiares sobre o futuro de um ser esquizofrênico: perspectivas para o cuidado de enfermagem. Rev bras enferm. 2011; 64(3):551-7. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/reben/v64n3/v64n3a20.pdf

Gusmão AM, Santos ACC, Costa SG, Maia LFS. Processos do cuidar em enfermagem com o paciente esquizofrênico. Revista Recien. 2015; 4(11):18-22. Disponível em: http://dx.doi.org/10.24276/rrecien2358-3088.2014.4.11.18-22

Silva JPG, Costa KNFM, Silva GRF, Oliveira SHS, Almeida PC, Fernandes MGM. Consulta de enfermagem a idosos: instrumentos da comunicação e papéis da enfermagem segundo Peplau. Esc Anna Nery. 2015; 19(1):154-61. Disponível em: http://dx.doi.org/10.5935/1414-8145.20150021

Belcher JR, Fish LJB, Hildegard EP. In George JB. (Coord.). Teorias de enfermagem: os fundamentos à prática profissional. 4.ed. Porto alegre: Artmed, 2000. p.45-57.11.

Cardoso TVM, Oliveira RMP, Loyola CMD. Um entendimento linear sobre a teoria de Peplau e os princípios da reforma psiquiátrica brasileira. Esc Anna Nery. 2006; 10(4):718-24. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/S1414-81452006000400014

Braga FS, Olschowsky A. Prazer e sofrimento no trabalho dos enfermeiros da saúde mental no contexto da reforma psiquiátrica. Rev enferm UFPE online. 2015; 9(3):7086-94. Disponível em: DOI: https://doi.org/10.5205/1981-8963-v9i3a10438p7086-7094-2015

Giacon BCC, Galera SAF. Primeiro episódio da esquizofrenia e assistência de enfermagem. Rev Esc Enferm USP. 2006; 40(2):286-91. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/S0080-62342006000200019

Yin RK. Estudo de caso: planejamento e métodos. Tradução de Daniel Grassi. 4ª ed. Porto Alegre: Bookman; 2010.

Almeida VCF, Oliveira LMV, Damasceno MMC. Teoria das relações interpessoais de Peplau: análise fundamentada em Barnaum. Rev Esc Enferm USP. 2005; 39(2):202-10. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/S0080-62342005000200011

Ventura CAA, Moll MF, Araújo AS, Jorge MS. A enfermagem e as dimensões organizacionais de dois centros de atenção psicossocial. Cienc Cuid Saude. 2015; 14(2):1090-7. Disponível em: http://dx.doi.org/10.4025/cienccuidsaude.v14i2.21868

Gurgel PKF, Tourinho FSV, Monteiro AI. Consulta coletiva de crescimento e desenvolvimento da criança à luz da teoria de Peplau. Esc Anna Nery. 2014; 18(3):539-43. Disponível em: http://dx.doi.org/10.5935/1414-8145.20140077

Vieira PG, Villemor-Amaral AE. Evidências de validade do Rorschach Performance Assessment System no diagnóstico da esquizofrenia. Avaliação Psicológica. 2015; 14(1):53-62. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1677-04712015000100007

Santos AE, Pedrão LJ, Zamberlan-Amorim NE, Carvalho AMP, Bárbaro AM. Communicative behavior of individuals with a diagnosis of schizophrenia. Rev CEFAC. 2014; 16(4):1283-93. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/1982-021620140913

Nardi AE, Quevedo J, Silva AG. Esquizofrenia: Teoria e clínica. Artmed Editora, 2015.




DOI: https://doi.org/10.26694/2238-7234.7342-47

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



 

Indexado em:




Apoio: