Analysis of annual incidence of cardiac rhythm disturbances in the elderly population / Análise da incidência anual dos distúrbios do ritmo cardíaco em idosos / Análisis de la incidencia anual de los trastornos del ritmo cardíaco en la población anciana

Filipe melo Silva, Naira Roberta Sousa, Dais Nara Silva Barbosa, Mariana Mesquita Silva, Silas Alves Silva, Jailson Alberto Rodrigues

Resumo


Objetivo: analisar a incidência anual dos distúrbios cardíacos(alteração da frequência cardíaca) em idosos do Piauí e contribuir para que sejam adotadas intervenções que diminuam a ocorrência de arritmias nos idosos do estado. Metodologia: os dados coletados são de domínio público e foram obtidos através da webpage (www.datasus.gov.br, 2016). Tem-se como população estudada pessoas (homens e mulheres) com 60 anos ou mais de idade no estado do Piauí - Brasil, portadores de transtornos de condução e arritmias cardíacas nos anos de 2008 a 2016. Resultados: observou-se que a taxa anual acumulada de transtornos de condução e arritmias cardíacas em pessoas do sexo masculino foi maior na cidade de Parnaíba (35,1%) e as menores taxas acumuladas verificaram-se nas cidades de Oeiras (3,7%) e Picos (5,0%). Entre as mulheres, isso ocorreu em Barras, Oeiras e Pedro II, sendo Parnaíba (36,1%) e a capital, Teresina (11,7%). Conclusão: no ano de 2016 houve redução de incidência do problema em questão, porém apesar dessa diminuição, ainda notam-se taxas elevadas de morte por essas doenças.

Descritores: Arritmias Cardíacas. Saúde do Idoso. Epidemiologia.


Texto completo:

PDF

Referências


Maués CR, Paschoal SMP, Jaluul O, França CC, Wilson Ja¬cob Filho W. Avaliação da qualidade de vida: comparação entre idosos jovens e muito idosos. Rev Bras Clin Med. [Internet] 2010 [acessado em 17 abr. 2017];8(5):405-10. Disponível em: http://files.bvs.br/upload/S/1679-1010/2010/v8n5/007.pdf .

Pedrosa CC, Silva BP, Azevedo IEP,

Menezes RRPPB, Sampaio TL, Martins AMC. Atenção à saúde do idoso na prevenção de doenças cardiovasculares. Enc. Univ. da UFC. 2016;1:3588. Disponível em: http://www.periodicos.ufc.br/eu/article/view/15628/16939

Avezum A, Braga J, Santos I, Guimarães HP, Marin-Neto JA, Piegas LS. Cardiovascular disease in South of America: current status and oportunities for prevention. Heart. [Internet] 2009 [acessado em 15 abr. 2017];95(18):1475-82. Disponível em: https://doi.org/10.1136/hrt.2008.156331.

Mansur AP, Favarato D. Mortalidade por doenças cardiovasculares no Brasil e na região metropolitana de São Paulo. Arq. Bras. Cardiol. [Internet]. 2012 [acessado em 16 abr. 2017]; 99(2): 755-761

Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/S0066-782X2012005000061

Valdigem B. Arritmias-Sintomas tratamentos e causas. ©2017. [Acessado em 10 abr. 2017]. Disponível em: http://www.minhavida.com.br/saude/temas/arritmia.

National Heart. How Are Arrhythmias Treated? [Acessado em: 10 abr. 2017]. Disponível em: https://www.nhlbi.nih.gov/health/health-topics/topics/arr/treatment

Mistério da saúde (BR). Doenças cardiovasculares 2011. [acessado em 14 mar. 2017]. Disponível em: http://www.brasil.gov.br/saude/2011/09/doencas-cardiovasculares-causam-quase-30-das-mortes-no-pais.

Wajngarten M. O coração do idoso. J Diag Cardiologia [Internet] 2010 [Acessado 10 maio 2018]

; 13(43):1-9. Disponível em: https://cardios.com.br/arquivos_dados/foto_alta/foto-noticia-id-69-f1.pdf

Cury A. Cardiologia. HCor – Hospital do Coração 2016. [Acessado em 15 abr. 2017].

Disponível em: - https://www.hcor.com.br/default.aspx.

ARNAGANIJAN, Dikran. Doenças cardiovasculares. Ministério da Saúde e Sociedade brasileira de Cardiologia. Disponível em: http://www.brasil.gov.br/saude/2011/09/doencas-cardiovasculares-causam-quase-30-das-mortes-no-pais. Acessado em: 14 mar. 2017.

BASÍLIO, Marcio Chaves; ALBANO, Bruno Ramos e NEVES, Jussara Bôtto. Desafios para a inclusão dos homens nos serviços de atenção primaria a saúde. Revista Enfermagem Integrada - Ipatinga: Unileste-MG [Internet] 2010;3(2). Disponível em: http://w.unilestemg.br/enfermagemintegrada/artigo/V3_2/08-desafios-para-inclusao-doshomens-em-servicos-primarios-de-saude.pdf

ARRÁIS Magaly, 2013. Doenças cardiovasculares são mais fatais em mulheres. Disponível em: http://www.suacorrida.com.br/saude/doencas-cardiacas-sao-mais-fatais-em-mulheres.

Kim Bo-Ra, Shin Ho-Sik, Jung Yeon-Soon, Rim Hark. A case of tacrolimus-induced supraventricular arrhythmia after kidney transplantation. Sao Paulo Med. J. [Internet];131(3):205-07. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/1516-3180.2013.1313472.

Ribeiro KRA, Silva LP, Lima MLSK. Knowledge of acute myocardial infarction: implications for nursing care. Rev Enferm UFPI. 2016 [Acessado em 11 maio 2018];5(4):63-8. Disponível em: https://doi.org/10.26694/reufpi.v5i4.5546




DOI: https://doi.org/10.26694/2238-7234.7252-57

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



 

Indexado em:




Apoio: