Different patterns of Burnout evidenced in Intensive Care Units in a public hospital / Diferentes padrões de Burnout evidenciados em Unidades de Terapia Intensiva em um hospital público / Diferentes patrones de Burnout evidenciados en Unidades de Terapia Intensiva en un hospital público

Milene de Andrade Gouvêa Tyll, Maicon de Araujo Nogueira, Luc Vandenberghe

Resumo


Objetivo: identificar a vulnerabilidade à Síndrome de Burnout e relacionar com o perfil sociodemográfico e a avaliação da situação do trabalho dos profissionais de saúde que atuam em Unidades de Terapia Intensiva.  Metodologia: Estudo prospectivo, transversal, com abordagem quantitativa, que para sua realização foi aplicado dois instrumentos, direcionados aos profissionais de saúde que atuam nas Uti’s adulto, pediátrica, neonatal e coronariana, totalizando uma amostra de 60 indivíduos. Resultados: a maioria (83,3%) eram mulheres, com (53,3%) variando entre uma faixa etária de 34 a 43 anos, (75%) com companheiro e (31,7%) sem filhos. (23,3%) atuam na unidade coronariana, (26,7%) na unidade de terapia intensiva adulto, (26,7%) na neonatal e (23,3%) na pediátrica. O fator desumanização foi estatisticamente significativo, com uma média de 1,45. (13,3%) dos profissionais estudados encontram-se no escore mais Alto para a Síndrome de Burnout, e a cobrança por parte da chefia mostrou-se estatisticamente significativa em relação à Síndrome. Conclusão: há existência de sofrimento no trabalho, favorecendo ao desenvolverem da síndrome de Burnout, porém, ainda é evidenciado um cuidar humanizado. Consideramos relevante uma maior atenção e envolvimento dos gestores para que promovam um programa de atenção à saúde do trabalhador, estimulando a qualidade de vida no trabalho.

Descritores: Terapia Intensiva. Estresse Ocupacional. Saúde do Trabalhador. Burnout.


Texto completo:

PDF

Referências


Guirardello EBImpact of critical care environment on burnout, perceived quality of care and safety attitude of the nursing team. Rev. Latino-Am. Enfermagem [serial on the Internet]. 2017 Jun. [cited 2018 jul 22]; vol.25: [about 7 p.]. Available from: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/28591294

Khamisa N, Oldenburg B, Peltzer K, ILIC D. Work Related Stress, Burnout, Job Satisfaction and General Health of Nurses. International Journal of Environmental Research and Public Health [serial on the Internet]. 2015 Jan. [cited 2018 jul 22]; 12 (1): [about 14 p.]. Available from: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4306884/

Avelino FVSD, Leite ARF, Fernandes MA, Avelino FPD, Madeira MZ de A, De Sousa LEN. Estresse em enfermeiros do setor de urgência e emergência. Revista de enfermagem da UFPI. [serial on the Internet]. 2013 Jul-Sep. [cited 2018 jul 22]; 2(3): [about 7 p.]. Available from: http://revistas.ufpi.br/index.php/reufpi/article/view/974/pdf

Morales SL, Murillo LFH. Síndrome de Burnout. Med. leg. Costa Rica [serial on the Internet]. 2015 Jan-Marc. [cited 2018 jul 22]; 32(1): [about 6 p.]. Available from: http://www.scielo.sa.cr/pdf/mlcr/v32n1/art14v32n1.pdf

Lima A de S, Farah BF, Bustamante-Teixeira MT. Análise da prevalência da síndrome de Burnout em profissionais da atenção primária em saúde. Trab. educ. saúde [serial on the Internet]. 2018 Jan-Abr. [cited 2018 jul 22]; 16 (1): [about 22 p.]. Available from: http://www.scielo.br/pdf/tes/v16n1/1678-1007-tes-1981-7746-sol00099.pdf

De Sá, AMS, De Oliveira PMS, Funchal B. Burnout: o impacto da satisfação no trabalho em profissionais de enfermagem. Psicologia & Sociedade [serial on the Internet]. 2014. [cited 2018 Jul 25]; 26(3): [about 11 p.]. Available from: https://submission3.scielo.br/index.php/psoc/article/view/95092/8906.

Santos GEO. Cálculo amostral: calculadora on-line [Internet]. 2011 [citado em 25 Jul 2018]. Disponível em: http://www.publicacoesdeturismo.com.br/calculoamostral/

Tamayo, M. R.; Tróccoli, B. T. Construção e validação fatorial da Escala de Caracterização do Burnout (ECB). Estudos de Psicologia [serial on the Internet]. 2009 Set-Dez. [cited 2018 Jul 25]; 14(3): [about 9 p.]. Available from: http://www.scielo.br/pdf/epsic/v14n3/a05v14n3.pdf.

Albuquerque FJB de, Melo C de F, Araújo Neto JL de. Avaliação da Síndrome de Burnout em Profissionais da Estratégia Saúde da Família da Capital Paraibana. Psicol. Reflex. Crit. [serial on the Internet]. 2012 Fev-Jul. [cited 2018 Jul 28]; 25(3): [about 8 p.]. Available from: http://www.scielo.br/pdf/prc/v25n3/v25n3a14.pdf.

Gouvêa PB, Haddad M do CL, Rossaneis MA. Manifestações psicossomáticas associadas à síndrome de Burnout referidas por trabalhadores de saúde. Revista Saúde (Santa Maria) [serial on the Internet]. 2014 Jan-Jul. [cited 2018 Jul 25]; 40(1): [about 8 p.] Availabe from:

https://periodicos.ufsm.br/index.php/revistasaude/article/view/10060.

Reatto D, Silva DA da, Isidoro ML, Rodrigues NT. Prevalência da síndrome de Burnout no setor bancário no município de Araçatuba (SP). Arch Health Invest [serial on the Internet]. 2014. [cited 2018 Jul 25]; 3(2) [about 8 p.] Availabe from: http://archhealthinvestigation.com.br/ArcHI/article/view/662.

Vasconcelos EM, De Martino MMF. Preditores da síndrome de burnout em enfermeiros de unidade de terapia intensiva. Revista Gaúcha de Enferm. RGE [serial on the Internet]. 2017. [cited 2018 jul 22]; 38(4): [about 8 p.]. Available from: http://www.scielo.br/pdf/rgenf/v38n4/1983-1447-rgenf-38-04-e65354.pdf.

Wisniewski D, Silva ES, Évora YDM, Matsuda LM. The professional satisfaction of the nursing team vs. Work conditions and relations: a relational study. Texto contexto - enferm. [serial on the Internet]. 2015 July/Sept. [cited 2018 Agost 27]; 24(3) [about 9 p.]. Available from: http://www.scielo.br/pdf/tce/v24n3/pt_0104-0707-tce-24-03-00850.pdf

Gelis Filho A, Blikstein I. Comunicação assertiva e o relacionamento nas empresas. GV Executivo [serial on the Internet]. 2013. [cited 2018 jul 25]; 12(2): [about 4 p.]. Available from:

http://bibliotecadigital.fgv.br/ojs/index.php/gvexecutivo/article/viewFile/20706/19443.

Lima FDM, Vieira RA de C, Da Silva CF de LS, Da Silva ES, Amorim NMA, Nogueira TL. Síndrome de burnout em enfermeiros: a influência da unidade de atuação no desgaste do profissional. Rev Enferm UFPI [serial on the Internet]. 2012 May-Aug. [cited 2018 jul 25]; 1(2): [about 6 p.]. Available from: http://www.ojs.ufpi.br/index.php/reufpi/article/viewFile/752/pdf.

Campor ICM, Angelico AP, De Oliveira MC, De Oliveira DCR. Fatores Sociodemográficos e Ocupacionais Associados à Síndrome de Burnout em Profissionais de Enfermagem. Psicol Reflex Critica [serial on the Internet]. 2015. [cited 2018 jul 22]; 28(4): [about 8 p.]. Available from: http://www.scielo.br/pdf/prc/v28n4/0102-7972-prc-28-04-00764.

Teixeira C, Ribeiro O, Fonseca AM, Carvalho AS. Burnout in intensive care units - a consideration of the possible prevalence and frequency of new risk factors: a descriptive correlational multicentre study. BMC Anesthesiol [serial on the Internet]. 2013. [cited 2018 jul 22]; 13(38). [abut 11 p.]. Available from: https://bmcanesthesiol.biomedcentral.com/articles/10.1186/1471-2253-13-38.

Merino-Plaza MJ, Carrera-Hueso FJ, Arribas-Boscá N, Martínez-Asensi A, Trull-Maravilla E, Fikri-Benbrahim N. Burnout in the staff of a chronic care hospital. Rev. de Saúde Publ. [serial on the Internet]. 2018 May-Jul. [cited 2018 jul 22]; 52(45). [abut 11 p.]. Available from: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/29723388.




DOI: https://doi.org/10.26694/2238-7234.7448-55

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



 

Indexado em:




Apoio: