ARBORIZAÇÃO, PAISAGISMO E ORNAMENTAÇÃO: COMPOSIÇÃO NO CAMPUS MINISTRO PETRÔNIO PORTELA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ, TERESINA, PIAUÍ, BRASIL

Joana Darc Costa Pereira, Lorran André Moraes, Karen Veloso Ribeiro, Gardene Maria de Sousa, Francisco Soares Santos Filho

Resumo


Nos espaços livres dos Campus de universidades públicas e instituições de ensino, em geral, há uma razoável biodiversidade vegetal formada por espécies ornamentais, além de muitas apresentarem espaço para o desenvolvimento de projetos florísticos, evidenciando a importância dos serviços ambientais proporcionados pelo ambiente. Por esta razão, e considerando a importância destes espaços em instituições de ensino objetivou-se realizar o levantamento das espécies vegetais utilizadas na arborização e ornamentação no Campus Ministro Petrônio Portela, da Universidade Federal do Piauí, identificando a sua origem e formas de usos, com o intuito de retratar o cenário da flora selecionada para este fim. O levantamento de campo referente a amostragem qualitativa das espécies vegetais cultivadas nas áreas construídas do campus da UFPI, ocorreu por por meio de visitas exploratórias nas áreas escolhidas, durante os meses de abril a julho de 2019. Foram identificadas 171 espécies de 121 gêneros e 58 famílias botânicas, sendo observada a predominância de espécies de origem exóticas. Fabaceae foi a família mais bem representada na amostra com 20 espécies. A classificação por uso revelou que 83 espécies são ornamentais, 44 medicinais, 13 alimentícias, 5 madeireiras e 26 não foram classificadas em relação ao uso. Conclui-se que a área pesquisada possui grande variedade de espécies sendo a primeira listagem de espécies realizada para mesma, o que pode servir de subsidio para o desenvolvimento de um plano de gestão de arborização visando melhorar as ações de plantios e manutenção das espécies presentes na área, além de ajudar no manejo ambiental e buscar meios que visem a integração da população local através de projetos relacionados a educação ambiental.


Palavras-chave


Diversidade vegetal. Florística. Arborização. Ornamentação

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.26694/equador.v9i3.10381

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista da Pós-graduação em Geografia, do Centro de Ciências Humanas e Letras da UFPI

 ISSN 2317-3491

A Revista está atualmente indexada às seguintes bases de dados: LATINDEX, DIADORIM, IBICT/SEER, SUMÁRIOS.ORG, PERIÓDICO CAPES, GOOGLE ACADÊMICO, GENAMICS JOURNAL SEEK.

A REVISTA EQUADOR faz uso do DOI (Digital Object Identifier), através da associação com o CrossRef.