EVENTOS ACADÊMICOS: Lançamento de Festschrift em homenagem ao Prof. Ivan Domingues

A Editora Unisinos, autores e organizadores convidam para o lançamento do livro Minas e horizontes do pensamento: escritos em homenagem a Ivan Domingues, a ser realizado no dia 29 de outubro, às 19h, no canal do YouTube - Memória Filosofia UFMG: https://youtu.be/aG4qLES7esU e na página do Facebook: www.facebook.com/memoria.filosofiaUFMG/.

Organizado por Anna Carozzi (UFMG)Carlos Ratton (UFMG)Helder Carvalho (UFPI) e Jelson Oliveira (PUCPR), o livro conta com prefácio do prof. Marcelo Aquino (Unisinos) e se estrutura em torno de seis eixos temáticos: conhecimento, tecnologia, ética, história da filosofia, filosofia no Brasil e vida intelectual. Esses eixos acabam por resumir a empreitada filosófica de Ivan Domingues, na medida em que traduzem as preocupações de sua vida intelectual em torno de perguntas sobre o que é pensar [ontologia], o que é conhecer [epistemologia], o que é fazer [técnica, tecnologia] e o que é viver [ética].

Entre os autores, cujos textos traduzem esses horizontes, estão Alvaro Valls (Unisinos), André Berten (Université Catholique de Louvain), Andrew Feenberg (Simon Fraser University), Antônio Carlos dos Santos (UFS/CNPq), Antonio Valverde (PUC-SP), Carlos Roberto Drawin (UFMG/FAJE), Clélio Campolina Diniz (UFMG), Diego Lawler (CONICET), Evaldo Sampaio da Silva (UFC), Guido Antônio de Almeida (UFRJ), Helder Buenos Aires de Carvalho (UFPI), Hugh Lacey (Swarthmore College/Associação Filosófica Scientiae Studia), Jelson Oliveira (PUCPR), José R. Maia Neto (UFMG/CNPq), Lilian S. Godoy Fonseca (UFVJM), Lúcio Marques (UFTM), Luiz Rohden (Unisinos), Marcelo Perine (PUC-SP), Marie Gaille (Université Paris Diderot), Miriam Campolina Diniz Peixoto (UFMG), Nathalie Frogneux (Université Louvain-la-Neuve), Oswaldo Giacoia Junior (Unicamp/PUCPR), Paulo Margutti (UFMG/FAJE), Rodrigo Duarte (UFMG) e Wendell E. S. Lopes (UFMT).

Abre o livro uma entrevista com Ivan Domingues, realizada por outros vários interlocutores, entre os quais estão Alice Serra, Brunello Stancioli, Francisco César de Sá Barreto, Jairo Dias Carvalho, José Crisóstomo, Mario Neto, Paulo Arantes, Roger Crisp, Sérgio Pena, Simeão Sass e Yurij Castelfranchi. As perguntas e respostas, além de instigantes e, em alguns pontos, até mesmo reveladoras, ajudam o leitor a entender a trajetória intelectual do homenageado, mas também esclarecem muitas posições sobre temas cujo interesse filosófico é de interesse evidente para estudantes, professores/as e pesquisadores/as brasileiros/as nesse século que é o nosso.

Com seus 70 anos Ivan nos dá a oportunidade para compreender melhor algumas das páginas mais importantes da filosofia feita em terras nacionais. Desde Minas Gerais e da janela de seu apartamento em Belo Horizonte, Ivan viu e comunicou as minas e os horizontes do pensamento que ele mesmo pensou (por escolha e habilidade) e que ele oferece em sua obra. Debruçado nessas minas como quem bebe à fonte e mirando o horizonte como quem toca o porvir, Ivan filosofou e, ao mesmo tempo, mostrou como se filosofa. Olhando para os 70 anos, o livro celebra não (apenas) o que foi, mas o que será: o horizonte aberto do pensamento que é dele e que ele ofereceu, como dom, para o agora e a posteridade. “Aniversário é uma festa/ Pra te lembrar/ Do que resta” vaticinou Millôr Fernandes. Esse é o desejo dos organizadores/as e de todos/as os que se juntam nessa homenagem.

Aquisição do livro: https://www.edunisinos.com.br/produto/319/minas-e-horizontes-do-pensamento-escritos-em-homenagem-a-ivan-domingues