CONVERSAS SOBRE PRÁTICAS E CURRÍCULOS ENTRE PROFESSORAS: ARTESANIA E MANEIRAS DE FAZER O COTIDIANO ESCOLAR

Rafael Marques Gonçalves

Resumo


Neste artigo, trazemos um recorte de uma pesquisa concluída de doutorado, que foi elaborada através de um encontro com professoras dispostas a narrar suas práticas e compreensões sobre currículo e cotidiano escolar. Os encontros e as conversas movimentaram narrativas que funcionaram como instâncias dialógicas que apresentaram a experiência da fonte onde os narradores bebem, bem como a maneira como as professoras entendem e percebem o currículo e sua formação em seu trabalho cotidiano. Portanto, tratamos de pensar nos vários percursos e experiências que vivem cotidianamente as professoras e nos sentidos e práticas que esses percursos e experiências tornam potenciais para as aproximações solidárias de saberes, em diálogos que potencializem práticas e as produções coletivas destas e dos saberes que com elas se tecem na formação docente, pensando por fim que o contexto da prática cotidiana é também contexto de formação e partilha de movimentos de (re)existência formativa.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.26694/les.v1i1.7876

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Linguagens, Educação e Sociedade



BASES E INDEXADORES
 
 
       
 
 
   
 
 
       
 
 
     
 
 
 
Licença Creative Commons